Cine Papo II: Inquietações Contemporâneas

O Projeto

A Saladearte lança dia 24 de outubro a segunda edição do “CINEPAPO – Inquietações Contemporâneas”, desta vez o projeto contará com 10 sessões de filmes, sempre numa quinta-feira do mês, onde acontecerão conversas com os espectadores a partir de temáticas atuais.
A primeira dessas sessões especiais acontece com o filme escolhido para falar de Humor Ácido, “Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos”, do cineasta espanhol Pedro Almodóvar. As exibições acontecem sempre às 18:30h, desta vez, na Saladearte Cine Daten – Paseo (Shopping Paseo Itaigara), com entrada gratuita.
Depois da exibição haverá uma conversa com o convidado Fernando Guerreiro, mediado por Marcelo Sá, coordenador do projeto.
Segundo Marcelo Sá, diretor de projetos do Circuito Saladearte, o CINEPAPO é baseado na relação entre cinema e reflexão. “Tivemos a primeira edição com sessões lotadas. Trouxemos mais 600 pessoas para 5 filmes”, comenta Marcelo. Na primeira edição foram convidados psicanalistas e psicólogos, desta vez ampliamos um pouco para falar de temas sob óticas diferentes, trazendo sempre o clima de descontração e reflexão que o projeto propõe.
As sessões do CinePapo acontecem uma vez por mês, de outubro de 2019 a setembro de 2020, exceto o mês de fevereiro, sempre numa quinta-feira do mês. O acesso será realizado com a retirada de senha no dia da atividade.
Cada pessoa pode retirar até 2 senhas. “A ideia é fazer uma bate papo que atinja a todos os públicos” acrescenta Marcelo.
Marcelo também comenta que a curadoria, dos filmes e das temáticas, foi discutida por ele em conjunto com os convidados. Temas como as questões de Segregação, Amor, Arte e mesmo a Melancolia foram escolhidos para compor o conjunto de questões contemporâneas que perpassam os filmes – em obras como o libanês “O Insulto”, “Magia ao Luar” e “The Square”e o Melancolia de Lars Von trier.
Com entrada gratuita, os ingressos poderão ser retirados no dia da sessão a partir das 14h na bilheteria do cinema.

Além da exibição dos filmes, as sessões contemplam:

  • Debates com os convidados.

Programação:

SALADEARTE CINE DATEN PASEO 1
Dia 24/10/2019 (Quinta-feira) Dia 21/11/2019 (Quinta-feira)
Inquietação: Humor Ácido e Corrosivo

18:30 – Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos

Inquietação: Segregação

18:30 – O Insulto

Dia 12/12/2019 (Quinta-feira) Dia 19/03/2020 (Quinta-feira)
Inquietação: Magia e Amor. Crer ou não crer?

18:30 – Magia ao Luar

Inquietação: Corpo Negro – Estigmas e Dissidências

18:30 – Madame Satã

Dia 16/04/2020 (Quinta-feira) Dia 14/05/2020 (Quinta-feira)
Inquietação: Melancolia

18:30 – Melancolia

Inquietação: Arte: Quem dita?

18:30 – The Square – A Arte da Discórdia

Dia 10/06/2020 (Quarta-feira) Dia 16/07/2020 (Quinta-feira)
Inquietação: HIV/AIDS: Imagens e Manifestações

18:30 – 120 Batimentos por Minuto

Inquietação: Desafios do Envelhecimento

18:30 – Eu, Daniel Blake

Dia 20/08/2020 (Quinta-feira) Dia 03/09/2020 (Quinta-feira)
Inquietação: Viver Para Não Comer

18:30 – O Mínimo para Viver

Inquietação: Relações de Horizontalidade

18:30 – O Cidadão Ilustre

Progamação III – Festival Varilux 2019

CINEMA DO MUSEU

Av. Sete de Setembro, 2195 – Vitória

DE 20 A 26 DE JUNHO DE 2019

DIA 20/06 (QUINTA-FEIRA) DIA 21/06 (SEXTA-FEIRA) DIA 22/06 (SÁBADO) DIA 23/06 (DOMINGO)
13:00   Meu Bebê

14:45   Finalmente Livres

16:50   Um Homem Fiel

18:20   O Mistério de Henri Pick

20:15   Graças a Deus

13:00     Através do Fogo

15:10     Os Dois Filhos de Joseph

16:55     O Professor Substituto

18:55     Quem Você Pensa que Sou

20:50   Finalmente Livres

13:00   Asterix e o Segredo da Poção Mágica (LEG)

14:40   Inocência Roubada

16:40   Quem Você Pensa que Sou

18:35   Boas Intenções

20:30   Cyrano de Bergerac

13:00   Os Dois Filhos de Joseph

14:35   Graças a Deus

17:10   A Revolução em Paris

DIA 24/06 (SEGUNDA-FEIRA) DIA 25/06 (TERÇA-FEIRA) DIA 26/06 (QUARTA-FEIRA)

Clique aqui para visualizar as informações dos filmes.

13:00   Um Homem Fiel

14:30   O Professor Substituto

16:30   Cyrano Mon Amour

18:35   Meu Bebê

20:20   Amor à Segunda Vista

16:30  A Revolução em Paris

18:45  Quem Você Pensa que Sou

20:40  Através do Fogo

16:15   Filhas do Sol

18:25   O Mistério de Henri Pick

20:20   Graças a Deus

Progamação II – Festival Varilux 2019

CINE PASEO

Rua Rubens Guelli, 135 – Itaigara (Shopping Paseo Itaigara)

De 13 a 19 de junho de 2019

DIA 13/06 (QUINTA-FEIRA)  DIA 14/06 (SEXTA-FEIRA)  DIA 15/06 (SÁBADO)  DIA 16/06 (DOMINGO)
 

 

 10:10 Através do Fogo 

 12:20 O Mistério de Henri Pick 

 14:15 Boas Intenções 

 16:10 Graças a Deus 

 18:45 Quem Você Pensa que Sou 

20:40 A Revolução em Paris 

 

 

 10:50 O Professor Substituto 

 12:50 Inocência Roubada 

 14:50 Através do Fogo 

 17:00 Cyrano Mon Amour 

 19:05 Meu Bebê 

 20:50 Finalmente Livres 

 

10:00 Asterix e o Segredo da Poção Mágica 

11:40 Cyrano de Bergerac 

 14:10 O Professor Substituto 

 16:10 O Mistério de Henri Pick 

 18:05 Graças a Deus 

 20:40 Filhas do Sol 

 

11:00 Meu Bebê 

12:45 Asterix e o Segredo da Poção Mágica 

14:25 Os Dois Filhos de Joseph 

16:10 Graças a Deus 

18:45 Quem Você Pensa que Sou 

 20:40 Boas Intenções 

DIA 17/06 (SEGUNDA-FEIRA)  DIA 18/06 (TERÇA-FEIRA)  DIA 19/06 (QUARTA-FEIRA) 
 

11:00 Um Homem Fiel

12:30 Inocência Roubada

14:30 Finalmente Livres

16:35 O Professor Substituto

18:35 Meu Bebê

20:20 Cyrano Mon Amour

 

10:30 Filhas do Sol

12:40 Através do Fogo

14:50 Amor à Segunda Vista

17:05 Um Homem Fiel

18:35 Os Dois Filhos de Joseph

20:20 Cyrano de Bergerac

 

11:00 Inocência Roubada

13:00 Um Homem Fiel

14:30 Através do Fogo

16:40 Quem Você Pensa que 

Sou

18:35 O Mistério de Henri Pick

20:30 A Revolução em Paris

Clique aqui para visualizar as informações dos filmes.

CINEMA DA UFBA

Av. Reitor Miguel Calmon, s/n. Vale do Canela

DE 13 A 19 DE JUNHO DE 2019

DIA 13/06 (QUINTA-FEIRA)  DIA 14/06 (SEXTA-FEIRA)  DIA 15/06 (SÁBADO)  DIA 16/06 (DOMINGO) 
 

16:40 Cyrano Mon Amour

18:45 Finalmente Livres

20:45 Através do Fogo

 

16:40 O Professor Substituto

18:40 Inocência Roubada

20:40 Amor à Segunda Vista

 

16:40 Filhas do Sol

18:50 Quem Você Pensa que Sou

20:45 O Professor Substituto

 

16:40 Um Homem Fiel

18:10 Graças a Deus

20:45 Quem Você Pensa que Sou

DIA 17/06 (SEGUNDA-FEIRA)  DIA 18/06 (TERÇA-FEIRA)  DIA 19/06 (QUARTA-FEIRA) 

Clique aqui para visualizar as informações dos filmes.

 

16:40 O Mistério de Henri Pick

18:35 Finalmente Livres

20:40 A Revolução em Paris

 

16:40 Meu Bebê

18:25 Boas Intenções

20:20 Graças a Deus

 

16:40 Um Homem Fiel

18:10 Cyrano de Bergerac

20:40 Cyrano Mon Amour

Progamação – Festival Varilux 2019

CINE PASEO

Rua Rubens Guelli, 135 – Itaigara (Shopping Paseo Itaigara)

De 06 a 12 de junho de 2019

DIA 06/06 (QUINTA-FEIRA) DIA 07/06 (SEXTA-FEIRA) DIA 08/06 (SÁBADO) DIA 09/06 (DOMINGO)
11:00  Amor à Segunda Vista

13:15  Meu Bebê

15:00  Boas Intenções

16:55  O Mistério de Henri Pick

18:50  O Professor Substituto

20:50  Finalmente Livres

11:10 – Os Dois Filhos de Joseph

12:55    Filhas do Sol

15:05    Cyrano Mon Amour

17:10    Um Homem Fiel

18:40    Boas Intenções

20:30  Amor à Segunda Vista

12:30  Um Homem Fiel

14:00  Através do Fogo

16:10  Quem Você Pensa que Sou

18:05  Inocência Roubada

20:05  Graças a Deus

10:30  Asterix e o Segredo da Poção Mágica

12:10  Os Dois Filhos de Joseph

13:55  A Revolução em Paris

16:10  O Professor Substituto

18:10  Graças a Deus

20:50  Cyrano Mon Amour

DIA 10/06 (SEGUNDA-FEIRA) DIA 11/06 (TERÇA-FEIRA) DIA 12/06 (QUARTA-FEIRA)
 

10:30  O Mistério de Henri Pick

12:25  Através do Fogo

14:35  Filhas do Sol

16:45  Finalmente Livres

18:50  O Professor Substituto

20:50  Quem Você Pensa que Sou

10:30  A Revolução em Paris

12:45  Cyrano Mon Amour

14:50  Meu Bebê

16:35  Os Dois Filhos de Joseph

18:20  Graças a Deus

20:55  Inocência Roubada

10:30  Boas Intenções

12:25  Através do Fogo

14:35  A Revolução em Paris

16:50  Finalmente Livres

18:55  Um Homem Fiel

20:25  Amor à Segunda Vista

Clique aqui para visualizar as informações dos filmes.

CINEMA DA UFBA

Av. Reitor Miguel Calmon, s/n. Vale do Canela

DE 06 A 12 DE JUNHO DE 2019

DIA 06/06 (QUINTA-FEIRA) DIA 07/06 (SEXTA-FEIRA) DIA 08/06 (SÁBADO) DIA 09/06 (DOMINGO)
16:40  Amor à Segunda Vista

18:55  O Mistério de Henri Pick

20:50  Finalmente Livres

16:40  O Professor Substituto

18:40  Filhas do Sol

20:50  Cyrano Mon Amour

16:40  Um Homem Fiel

18:10  A Revolução em Paris

20:20  Graças a Deus

16:40  Graças a Deus

19:15  Os Dois Filhos de Joseph

21:00  Quem Você Pensa que Sou

DIA 10/06 (SEGUNDA-FEIRA) DIA 11/06 (TERÇA-FEIRA) DIA 12/06 (QUARTA-FEIRA)

Clique aqui para visualizar as informações dos filmes.

16:40  Asterix e o Segredo da Poção Mágica (LEGENDADO)

18:20  Inocência Roubada

20:20  Boas Intenções

16:40  Os Dois Filhos de Joseph

18:25  Quem Você Pensa que Sou

20:20  Filhas do Sol

16:40  Através do Fogo

18:50  Meu Bebê

20:35  A Revolução em Paris

Festival Varilux 2019

NO ANO EM QUE COMEMORA 10 ANOS, O FESTIVAL ALCANÇA A MARCA DE UM MILHÃO DE ESPECTADORES

Resultado de imagem para festival varilux 2019

 

A maratona de filmes franceses de 2019 já está confirmada para junho. O Festival Varilux de Cinema Francêsacontece de 6 a 19 de junho em todo país, trazendo para o público brasileiro a recente safra da cinematografia francesa. No ano em que completa dez anos, o Varilux irá ultrapassar a marca de um milhão de espectadores.

Nos últimos dez anos o Varilux conquistou o cinéfilo brasileiro. E não foram apenas os fãs, admirados das produções francesas. Mas também um espectador comum, interessado na diversidade cultural. O festival foi crescendo gradativamente em número de cidades, de salas de cinema e de público.

O Festival Varilux de 2010 foi realizado em nove cidades, exibido em 11 salas de cinema e visto por cerca de 25 mil pessoas. Nove anos depois, em 2018, atingiu quase todo o Brasil, tendo passado por 88 municípios, 118 salas e consumido por um público de 172 mil pessoas de todas as idades. Os longas-metragens programados se destinam tanto a adultos quanto jovens e crianças.

Além da exibição dos filmes, as atividades paralelas contemplam:

  • Debates com os integrantes da delegação (atores e cineastas)
  • Ações e sessões educativas
  • Laboratório franco-brasileiro de roteiros, sob a coordenação de François Sauvagnargues, especialista de ficção e ex-diretor geral do FIPA, o Festival Internacional de Programação Audiovisual (Biarritz, França).

A ampliação de locais, circuitos e público é resultado de parcerias fundamentais e duradouras para a Festival Varilux, realizado pela produtora Bonfilm. Além do patrocinador principal a Essilor/Varilux, estão a Ticket/Edenred, o Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura; a Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro; a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Outros parceiros importantes são as unidades das Alianças Francesas em todo Brasil, as distribuidoras dos filmes e os exibidores de cinema independente/de arte e as grandes redes de cinema comercial.

REPESCAGEM MOSTRA DE CINEMAS AFRICANOS

Mostra de Cinemas Africanos traz 20 filmes do continente negro a Salvador

Muitos inéditos no Brasil e todos exibidos pela primeira vez na Bahia, filmes apresentam a diversidade estética e narrativa da cinematografia africana banido no Quênia e ovacionado em Cannes, o longa “Rafiki” é um dos destaques da mostra.

Com curadoria de Ana Camila Esteves (Brasil) e Beatriz Leal Riesco (Espanha/ Estados Unidos), a Mostra de Cinemas Africanos acontece pela primeira vez em Salvador, de 22 a 28 de novembro, no Cinema do Museu do circuito Saladearte. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A mostra reúne 20 filmes de curta e de longa-metragem dos cinemas africanos contemporâneos, muitos inéditos no Brasil e que serão exibidos pela primeira vez na Bahia. Dirigidos por cineastas de países como Senegal, Sudão, África do Sul, Nigéria e Quênia, os filmes variam entre ficção e documentário. A programação conta também com cinco sessões comentadas por especialistas em cinema, África e temas afins à mostra. Chance rara de conhecer e discutir uma cinematografia vibrante e diversa em temáticas, paisagens e estéticas.

Programação:

SALADEARTE CINEMA DO MUSEU
Dia 29/11 (Quinta-feira) Dia 30/11 (Sexta-feira)
20h30 – Martha & Niki 20h30 – Supa Modo
Dia 01/12 (Sábado) Dia 02/12 (Domingo)
20h30 – Vaya 20h30 – Rafiki

 

Festival Varilux de Cinema Francês 2018

headVarilux2018

O Festival

A maratona de filmes franceses já tem data para começar. De 7 a 20 de junho, cerca de 60 cidades brasileiras recebem o Festival Varilux de Cinema Francês de 2018.

O evento, que no ano passado conquistou o ranking de maior festival francês do mundo, levou 180 mil pessoas aos cinemas apontando um crescimento de 15% em relação ao ano anterior. Em 2018 serão 20 longas-metragens da nova safra da cinematografia francesa e um clássico que será divulgado em breve.

A delegação artística estará presente este ano em Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro, entre os dias 4 e 9 de Junho.

Além da exibição dos filmes, as atividades paralelas contemplam:

  • Debates com os integrantes da delegação (atores e cineastas)
  • Ações e sessões educativas
  • Laboratório franco-brasileiro de roteiros, sob a coordenação de François Sauvagnargues, especialista de ficção e ex-diretor geral do FIPA, o Festival Internacional de Programação Audiovisual (Biarritz, França).

Produzido pela Bonfilm, o evento tem patrocínio principal da Varilux/Essilor, Ministério da Cultura por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

Programação:

CINE PASEO 1
Dia 07/06 (Quinta-feira) Dia 08/06 (Sexta-feira)
11:00 – De Carona para o Amor 11:00 – A Excêntrica Família de Gaspard
13:00 – O Retorno do Herói 12:55 – O Último Suspiro
14:40 – A Busca do Chef 14:30 – A Noite Devorou o Mundo
16:15 – A Aparição 16:15 – Primavera em Casablanca
18:40 – Carnívoras 18:25 – O Poder de Diane
20:30 – Custódia 20:00 – O Amante Duplo
Dia 09/06 (Sábado) Dia 10/06 (Domingo)
11:00 – O Retorno do Herói 11:00 – A Raposa Má
12:40 – 50 São os Novos 30 12:30 – Primavera em Casablanca
14:25 – Nos Vemos no Paraíso 14:40 – O Poder de Diane
16:30 – Gauguin – Viagem ao Taiti 16:15 – Promessa ao Amanhecer
18:20 – Marvin 18:35 – Nos Vemos no Paraíso
20:25 – O Orgulho 20:40 – Troca de Rainhas
Dia 11/06 (Segunda-feira) Dia 12/06 (Terça-feira)
11:00 – O Poder de Diane 11:00 – Promessa ao Amanhecer
12:35 – Troca de Rainhas 13:20 – A Raposa Má
14:25 – Carnívoras 14:50 – O Poder de Diane
16:15 – O Último Suspiro 16:25 – Marvin
18:00 – A Aparição 18:30 – Custódia
20:25 – De Carona para o Amor 20:15 – 50 São Os Novos 30
Dia 13/06 (Quarta-feira)
11:00 – A Busca do Chef Ducasse
12:35 – Nos Vemos no Paraíso
14:40 – A Excêntrica Família de Gaspard
16:35 – Troca de Rainhas
18:25 – 50 São Os Novos 30
20:10 – A Noite Devorou o Mundo
CINEMA DA UFBA
Dia 07/06 (Quinta-feira) Dia 08/06 (Sexta-feira)
16:30 – O Último Suspiro 16:30 – Custódia
18:10 – A Excêntrica Família de Gaspard 18:15 – Carnívoras
20:05 – A Aparição 19:55 – O Orgulho
Dia 09/06 (Sábado) Dia 10/06 (Domingo)
16:30 – O Poder de Diane 10:00 – A Raposa Má
18:05 – De Carona para o Amor 16:30 – Promessa ao Amanhecer
20:00 – Promessa ao Amanhecer 18:50 – 50 São Os Novos 30
20:35 – O Amante Duplo
Dia 11/06 (Segunda-feira) Dia 12/06 (Terça-feira)
16:30 – Gauguin – Viagem ao Taiti 16:30 – Troca de Rainhas
18:20 – Nos Vemos no Paraíso 18:20 – A Aparição
20:25 – O Retorno do Herói 20:45 – A Noite Devorou o Mundo
Dia 13/06 (Quarta-feira)
16:30 – O Orgulho
18:15 – De Carona para o Amor
20:10 – Primavera em Casablanca

 

CinePapo – Inquietações Contemporâneas

CINE PAPO – INQUIETAÇÕES CONTEMPORÂNEAS
ENTRADA FRANCA

Ciclo de cinema em Salvador discute inquietações contemporâneas – O projeto CinePapo será realizado em cinco encontros, na Saladearte Cinema do Museu.

Uma sessão de cinema e conversa. Essa é a proposta do projeto “CinePapo – Inquietações Contemporâneas”, que acontece gratuitamente a partir do dia 30 de novembro, às 19 horas, na Saladearte Cinema do Museu, em Salvador. No total, serão realizados cinco encontros, um por mês, sempre numa quinta-feira, até abril de 2018.

A cada encontro, o público poderá conferir um filme seguido de um bate-papo. Após a sessão de cinema, dois convidados vão puxar a conversa sobre as diferentes inquietações apresentadas em cada filme. O primeiro encontro do projeto vai discutir “Loucuras discretas, famílias normais”, inquietação a partir do longa-metragem “É apenas o Fim do Mundo”, do premiado cineasta canadense Xavier Dolan. Também serão discutidos os temas “Questões de gênero” (em dezembro), “Disrupturas” (em janeiro), “Fantasias de amor e sexo” (em março) e “Saudade” (em abril).

O projeto tem a curadoria de Marcelo Sá, diretor de projetos do Circuito Saladearte, e conta com a participação dos convidados Marcelo Veras (psiquiatra e psicanalista), Marcela Antelo (psicanalista), Andrea Hortélio Fernandes (professora e psicanalista), Célia Fiamenghi (psicanalista), Cibele Prado Barbiere (psicanalista), Martín Mezza (psicanalista), Alfredo Jerusalinsky (professor e psicanalista), Claudio Carvalho (psicanalista e escritor), Victor Palomo (psiquiatra e escritor) e José Antonio Saja (professor).

30/11/17 14/12/17
Filme: É APENAS O FIM DO MUNDO Filme: EU, MAMÃE E OS MENINOS
Inquietação: Loucuras Discretas, Famílias Normais Inquietação: Questões de Gênero
Convidados: Marcelo Veras e Marcela Antelo Convidados: Célia Fiamenghi e Andrea H. Fernandes
25/01/18 05/04/18
Filme: RELATOS SELVAGENS Filme: KIKI -OS SEGREDOS DE DESEJO
Inquietação: Disrupturas Inquietação: Fantasias de Amor e Sexo
Convidados: Cibele P. Barbiere e Martín Mezza Convidados: Cláudio Carvalho e Alfredo Jerusalinsky
26/04/18
Filme: CENTRAL DO BRASIL
Inquietação:Saudade
Convidados: Saja e Victor Palomo

Festival Varilux de Cinema Francês 2017 – Cinema do Museu – ÚLTIMA SEMANA

head.jpg

O Festival

FESTIVAL VARILUX 2017 TRAZ OS MAIS RECENTES FILMES DE CATHERINE DENEUVE, GÉRARD DEPARDIEU, JULIETTE BINOCHE, MARION COTILLARD, GUILLAUME CANET E OMAR SY
O Festival Varilux de Cinema Francês segue em pleno crescimento e registra um recorde do evento no Brasil. A edição de 2017, entre os dias 7 e 21 de junho, chega a mais de 55 cidades, distribuídas em 21 estados e Distrito Federal. A programação deste ano é composta por 19 produções inéditas nos cinemas brasileiros, incluindo um documentário e um clássico. Os maiores astros do cinema francês estarão presentes na seleção: o público poderá conferir os mais recentes trabalhos de Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Juliette Binoche, Marion Cotillard, Guillaume Canet, Omar Sy e Cécile de France. Outro destaque é à última atuação da inesquecível Emmanuelle Riva, falecida em janeiro último, em “Perdidos em Paris”.

Sucesso de público em 2016, quando levou 156 mil pessoas aos cinemas, o festival repete o formato do ano passado com duas semanas de exibição. Produzido pela Bonfilm, o evento tem patrocínio principal da Varilux/Essilor, Ministério da Cultura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura e Secretaria de Estado de Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

Programação SALADEARTE CINEMA DO MUSEU:

Dia 29 (Quinta-feira) Dia 30 (Sexta-feira)
15:45 – A Vida de uma Mulher 15:30 – Tal Mãe, Tal Filha
17:15 – Na Cama com Victoria
20:30 – Rodin 19:05 – Tour de France
20:50 – Coração e Alma
Dia 01 (Sábado) Dia 02 (Domingo)
13:00 – O Filho Uruguaio 13:00 – Na Cama com Victoria
14:50 – Coração e Alma 14:50 – Uma Agente Muito Louca
16:40 – A Viagem de Fanny 16:45 – Amanhã
18:25 – O Reencontro 18:55 – Perdidos em Paris
20:35 – Rock’n Roll – Por Trás da Fama 20:30 – Duas Garotas Românticas
Dia 03 (Segunda-feira) Dia 04 (Terça-feira)
15:45 – Rodin 17:05 – Um Instante de Amor
18:05 – Duas Garotas Românticas 19:15 – Tal Mãe, Tal Filha
20:30 – O Reencontro 21:00 – Na Vertical
Dia 05 (Quarta-feira)
15:30 – Perdidos em Paris
17:05 – Na Cama com Victoria
18:55 – Coração e Alma
20:45 – Frantz

Festival Varilux de Cinema Francês 2017 – Cinema do Museu

head.jpg

O Festival

FESTIVAL VARILUX 2017 TRAZ OS MAIS RECENTES FILMES DE CATHERINE DENEUVE, GÉRARD DEPARDIEU, JULIETTE BINOCHE, MARION COTILLARD, GUILLAUME CANET E OMAR SY
O Festival Varilux de Cinema Francês segue em pleno crescimento e registra um recorde do evento no Brasil. A edição de 2017, entre os dias 7 e 21 de junho, chega a mais de 55 cidades, distribuídas em 21 estados e Distrito Federal. A programação deste ano é composta por 19 produções inéditas nos cinemas brasileiros, incluindo um documentário e um clássico. Os maiores astros do cinema francês estarão presentes na seleção: o público poderá conferir os mais recentes trabalhos de Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Juliette Binoche, Marion Cotillard, Guillaume Canet, Omar Sy e Cécile de France. Outro destaque é à última atuação da inesquecível Emmanuelle Riva, falecida em janeiro último, em “Perdidos em Paris”.

Sucesso de público em 2016, quando levou 156 mil pessoas aos cinemas, o festival repete o formato do ano passado com duas semanas de exibição. Produzido pela Bonfilm, o evento tem patrocínio principal da Varilux/Essilor, Ministério da Cultura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura e Secretaria de Estado de Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

Programação SALADEARTE CINEMA DO MUSEU:

Dia 22 (Quinta-feira) Dia 23 (Sexta-feira)
13:00 – Uma Agente Muito Louca 13:00 – Uma Agente Muito Louca
14:55 – Coração e Alma 14:55 – O Filho Uruguaio
16:45 – A Vida de uma Mulher 16:45 – Frantz
18:55 – A Viagem de Fanny ATENÇÃO:
Devido aos festejos juninos, não haverá as últimas sessões.
20:40 – O Reencontro
Dia 24 (Sábado) Dia 25 (Domingo)
13:00 – Uma Agente Muito Louca 13:00 – Frantz
14:55 – Amanhã 15:05 – Tal Mãe, Tal Filha
17:05 – Tour de France 16:50 – Perdidos em Paris
18:50 – Duas Garotas Românticas 18:25 – Rodin
21:05 – Tal Mãe, Tal Filha 20:35 – A Vida de uma Mulher
Dia 26 (Segunda-feira) Dia 27 (Terça-feira)
15:30 – Amanhã 15:30 – Perdidos em Paris
17:40 – Tour de France 17:05 – A Viagem de Fanny
19:25 – Perdidos em Paris 18:50 – Na Cama com Victoria
21:00 – O Filho Uruguaio 20:40 – Frantz
Dia 28 (Quarta-feira)
15:45 – Rodin
18:05 – Rock’n Roll: Por Trás da Fama
20:30 – O Reencontro

Festival Varilux de Cinema Francês 2017

head.jpg

O Festival

FESTIVAL VARILUX 2017 TRAZ OS MAIS RECENTES FILMES DE CATHERINE DENEUVE, GÉRARD DEPARDIEU, JULIETTE BINOCHE, MARION COTILLARD, GUILLAUME CANET E OMAR SY
O Festival Varilux de Cinema Francês segue em pleno crescimento e registra um recorde do evento no Brasil. A edição de 2017, entre os dias 7 e 21 de junho, chega a mais de 55 cidades, distribuídas em 21 estados e Distrito Federal. A programação deste ano é composta por 19 produções inéditas nos cinemas brasileiros, incluindo um documentário e um clássico. Os maiores astros do cinema francês estarão presentes na seleção: o público poderá conferir os mais recentes trabalhos de Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Juliette Binoche, Marion Cotillard, Guillaume Canet, Omar Sy e Cécile de France. Outro destaque é à última atuação da inesquecível Emmanuelle Riva, falecida em janeiro último, em “Perdidos em Paris”.

Sucesso de público em 2016, quando levou 156 mil pessoas aos cinemas, o festival repete o formato do ano passado com duas semanas de exibição. Produzido pela Bonfilm, o evento tem patrocínio principal da Varilux/Essilor, Ministério da Cultura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura e Secretaria de Estado de Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

Programação:

Dia 15 (Quinta-feira) Dia 16 (Sexta-feira)
10:30 – Um Instante de Amor 10:30 – Rodin
12:45 – Tour de France 12:40 – Um Instante de Amor
14:35 – Coração e Alma 14:50 – Um Perfil para Dois
16:30 – Frantz 16:40 – Uma Família de Dois
18:40 – A Vida de uma Mulher 18:45 – Na Cama com Victoria
20:55 – Uma Agente Muito Louca 20:35 – Tal Mãe, Tal Filha
Dia 17 (Sábado) Dia 18 (Domingo)
10:30 – Duas Garotas Românticas 10:30 – A Vida de uma Mulher
12:45 – A Viagem de Fanny 12:40 – Amanhã
14:30 – Rock’n Roll: Por Trás da Fama 14:50 – Coração e Alma
16:45 – Um Instante de Amor 16:40 – Rodin
18:55 – Perdidos em Paris 18:50 – Tour de France
20:30 – Uma Família de Dois 20:35 – O Reencontro
Dia 19 (Segunda-feira) Dia 20 (Terça-feira)
10:30 – Uma Agente Muito Louca 10:30 – Rock’n Roll: Por Trás da Fama
12:30 – Tal Mãe, Tal Filha 12:50 – A Viagem de Fanny
14:20 – Na Vertical 14:40 – Uma Família de Dois
16:15 – A Vida de uma Mulher 16:50 – Amanhã
18:30 – O Filho Uruguaio 19:05 – Um Perfil para Dois
20:25 – Rodin 21:00 – Na Vertical
Dia 21 (Quarta-feira)
10:30 – Amanhã
12:40 – O Reencontro
14:55 – Duas Garotas Românticas
17:15 – Tour de France
19:05 – Na Vertical
21:00 – Na Cama com Victoria

Festival Varilux 2017

head.jpg

O Festival

FESTIVAL VARILUX 2017 TRAZ OS MAIS RECENTES FILMES DE CATHERINE DENEUVE, GÉRARD DEPARDIEU, JULIETTE BINOCHE, MARION COTILLARD, GUILLAUME CANET E OMAR SY
O Festival Varilux de Cinema Francês segue em pleno crescimento e registra um recorde do evento no Brasil. A edição de 2017, entre os dias 7 e 21 de junho, chega a mais de 55 cidades, distribuídas em 21 estados e Distrito Federal. A programação deste ano é composta por 19 produções inéditas nos cinemas brasileiros, incluindo um documentário e um clássico. Os maiores astros do cinema francês estarão presentes na seleção: o público poderá conferir os mais recentes trabalhos de Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Juliette Binoche, Marion Cotillard, Guillaume Canet, Omar Sy e Cécile de France. Outro destaque é à última atuação da inesquecível Emmanuelle Riva, falecida em janeiro último, em “Perdidos em Paris”.

Sucesso de público em 2016, quando levou 156 mil pessoas aos cinemas, o festival repete o formato do ano passado com duas semanas de exibição. Produzido pela Bonfilm, o evento tem patrocínio principal da Varilux/Essilor, Ministério da Cultura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura e Secretaria de Estado de Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

Programação:

Dia 08 (Quinta-feira) Dia 09 (Sexta-feira)
10:30 – O Filho Uruguaio 10:30 – Coração e Alma
12:25 – A Vida de uma Mulher 12:20 – A Viagem de Fanny
14:40 – Tal Mãe, Tal Filha 14:05 – Amanhã
16:30 – Rodin 16:15 – O Reencontro
18:45 – Perdidos em Paris 18:25 – Rock’n Roll: Por Trás da Fama
20:25 – Frantz 20:40 – Rodin
Dia 10 (Sábado) Dia 11 (Domingo)
10:30 – O Reencontro 10:30 – A Viagem de Fanny
12:40 – Tour de France 12:20 – Tal Mãe, Tal Filha
14:25 – Na Cama com Victoria 14:10 – A Vida de uma Mulher
16:20 – Duas Garotas Românticas 16:25 – Tour de France
18:40 – Frantz 18:15 – Um Instante de Amor
20:45 – Uma Família de Dois 20:30 – Rock’n Roll: Por Trás da Fama
Dia 12 (Segunda-feira) Dia 13 (Terça-feira)
10:30 – Perdidos em Paris 10:30 – Uma Família de Dois
12:15 – Uma Agente Muito Louca 12:45 – Um Perfil para Dois
14:20 – Frantz 14:45 – Uma Agente Muito Louca
16:35 – Na Cama com Victoria 16:50 – O Filho Uruguaio
18:35 – Coração e Alma 18:50 – Perdidos em Paris
20:35 – O Filho Uruguaio 20:35 – Na Vertical
Dia 14 (Quarta-feira)
10:30 – Tour de France
12:35 – Perdidos em Paris
14:10 – Um Perfil para Dois
16:05 – Rock’n Roll: Por Trás da Fama
18:25 – O Reencontro
20:40 – Um Instante de Amor

Festival Varilux de Cinema Francês 2017 – Programação – 08/06 (Quinta-feira)

filhoUruguaioO Filho Uruguaio (Une Vie Ailleurs)

De Olivier Peyon. Com Isabelle Carré, Ramzy Bedia. França, 2016. Há quatro anos, o filho de Sylvie, Felipe, foi sequestrado pelo pai, Pablo, logo após do divórcio do casal. Decepcionada com a polícia francesa, que rastreou ou dois, mas deixou ambos escaparem novamente, ela decide assumir o caso e fazer justiça com as próprias mãos.

Saladearte Cine Paseo – 10h30

—————————————————————————————————————

vidaUmaMulherA Vida de Uma Mulher (Une vie)

De Stéphane Brizé. Com Judith Chemla. França, 2016. Jeanne volta para casa após completar os estudos e passa a ajudar os zelosos pais nas tarefas do campo. Certo dia o visconde Julien de Lamare aparece nas redondezas e logo conquista o coração da jovem, que, encantada, com ele se casa e vai morar. Conforme o tempo avança Julien se mostra infiel, avarento e nada companheiro, o que vai minando a alegria de viver da antes esperançosa Jeanne.

Saladearte Cine Paseo – 12h25

—————————————————————————————————————

talMaeTalFilhaTal Mãe, Tal Filha (Telle mère, telle fille)

De Noémie Saglio. Com Juliette Binoche, Camille Cottin, Lambert Wilson. França, 2017. Inseparáveis, Avril e sua mãe Mado não podiam ser mais diferentes. Avril, 30 anos, é casada, assalariada e organizada, ao contrário da mãe, eterna adolescente despreocupada e louca que vive sustentada pela filha desde seu divórcio. Mas quando as duas mulheres se veem grávidas ao mesmo tempo e sob o mesmo teto, o embate é inevitável. Pois se Mado, em plena crise juvenil não está pronta para ser avó, Avril tem muita dificuldade em imaginar sua mãe… uma mãe!

Saladearte Cine Paseo – 14h40

—————————————————————————————————————

rodinRodin (Rodin)

De Jacques Doillon. Com Vincent Lindon. França, 2017. Em 1880, o escultor Auguste Rodin já é bastante conhecido, mas nunca conseguiu nenhuma encomenda do Estado. Esta oportunidade chega aos 40 anos de idade, com a escultura “A porta do inferno”. Enquanto trabalha, ao lado da esposa Rose Beuret, apaixona-se pela aluna Camille Claudel, sua aprendiz mais talentosa, que se torna sua amante. Quando este relacionamento escondido acaba, Rodin muda radicalmente a forma de seus trabalhos. 01h59.

Saladearte Cine Paseo – 16:30

—————————————————————————————————————

perdidosParisPerdidos em Paris (Paris pieds nus)

De Fiona Gordon, Dominique Abel. Com Fiona Gordon, Emmanuelle Riva. França, 2017. Fiona, bibliotecária de uma pequena cidade canadense, recebe uma aflita e angustiada carta de sua tia Marta, uma senhora de 93 anos, que vive sozinha em Paris. Sem pestanejar, Fiona embarca no primeiro avião rumo à capital francesa apenas para descobrir que Martha desapareceu. Em uma verdadeira avalanche de desastres inexplicáveis, Fiona conhece Dom, um sem-teto egoísta e sedutor, que não vai deixá-la seguir sozinha em sua busca. Um conto divertido e cativante sobre três pessoas peculiares perdidas em Paris.  01h23.

Saladearte Cine Paseo – 18:45

—————————————————————————————————————

frantzFrantz (Frantz)

De François Ozon. Com Pierre Niney, Paula Beer. França, 2017. Em uma pequena cidade alemã após a Primeira Guerra Mundial, Anna visita diariamente o túmulo de seu noivo Frantz, morto em batalha na França. Um dia, um jovem francês, Adrien, também deixa flores no túmulo. A presença dele logo após a derrota alemã inicia paixões. 01h53.

Saladearte Cine Paseo – 18:45

—————————————————————————————————————

Cine Papo II – Inquietações Contemporâneas: Relações de Horizontalidade

O CIDADÃO ILUSTRE (El ciudadano ilustre)

De Mariano Cohn, Gastón Duprat | Argetina| 2016 | 1:58 | 14 anos. Com Oscar Martinez, Dady Brieva, Andrea Frigerio. Daniel Mantovani (Oscar Martínez), um escritor argentino e vencedor do Prêmio Nobel, radicado há 40 anos na Europa, volta à sua terra natal, ao povoado onde nasceu e que inspirou a maioria de seus livros, para receber o título de Cidadão Ilustre da cidade – um dos únicos prêmios que aceitou receber. No entanto, sua ilustre visita desencadeará uma série de situações complicadas entre ele e o povo local.

Convidado:

Gustavo Barcelos

Gustavo Barcellos é escritor e psicólogo, analista didata da Associação Junguiana do Brasil e membro da Associação Internacional de Psicologia Analítica. Autor de O Irmão: psicologia do arquétipo fraterno, Psique & Imagem e O banquete de psique: imaginação, cultura e psicologia da alimentação, Editora Vozes. Conferencista com trabalhos apresentados no Brasil e no exterior, coordena seminários de psicologia arquetípica desde 1985 e é o tradutor de vários títulos de James Hillman, analista pós-junguiano e iniciador da psicologia arquetípica… Trabalha há mais de 30 anos como psicoterapeuta e analista em São Paulo.

Sobre escolha do filme / tema

Saladearte Cine Daten Paseo 1:

03/09/2020 (Quinta) – 18h30

Trailer:

Cine Papo II – Inquietações Contemporâneas: Viver para Não Comer

O MÍNIMO PARA VIVER (TO THE BONE)

De Marti Noxon | EUA | 2017 | 1:47 | 14 anos. Com Lily Collins, Keanu Reeves, Lili Taylor. Uma jovem está lidando com um problema que afeta muitos jovens no mundo: a anorexia. Sem perspectivas de se livrar da doença e ter uma vida feliz e saudável, a moça passa os dias sem esperança. Porém, quando ela encontra um médico não convencional que a desafia a enfrentar sua condição e abraçar a vida, tudo pode mudar. 01:47.

Convidado:

Mônica Veras

Psicanalista. Psicologa Clínica. Presidente do Napsi – Formação em Psicanálise. Diretora responsável pela transmissão e ensino do Napsi. Supervisora e coordenadora do ambulatório da Clinica Social do Napsi. Ex- professora e supervisora de Estágio da Ufba. Palestrante sobre temas relativos a Psicanálise. Membro da Associação Livre de Psicanálise de SP. Estabeleceu através do Napsi parcerias com hospitais franceses, e com o Departamento de Adictologia. Clínica da université Paris-Diderot -Paris 7 na França. Atua há 38 como psicanalista em consultórios em Salvador, Aracaju e São Paulo. Coordenadora dos “ Ateliês da Temperança” – estudo sobre a Clínica do Excesso.

Sobre escolha do filme / tema

Considerando que vivemos na contemporaneidade uma experiência de Excesso, para menos e para mais, o distúrbio da anorexia, ou seja, a Pulsão de morte que faz com que o alimento seja considerado um “inimigo” e o pânico por engordar leva inúmeros adolescentes a desenvolver um processo anoréxico que leva óbito!
Isso nos faz refletir nessa posição subjetiva de jovens que se deixam capturar por esse ideal exagerado de corpo “ fit” , decantado em prosa e verso no mundo atual. O Excesso se instala numa negação de se alimentar e numa escravidão: adição pela ausência de comida !
O objeto da compulsão se apresenta como “ não comer” para não engordar!

Saladearte Cine Daten Paseo 1:

20/08/2020 (Quinta) – 18h30

Trailer:

Cine Papo II – Inquietações Contemporâneas: Desafios do Envelhecimento

EU, DANIEL BLAKE (I, DANIEL BLAKE)

De Ken Loach | ING, FRA, BEL | 2016 | 1:41 | 12 anos. Com Dave Johns, Hayley Squires, Dylan McKiernan. Após sofrer um ataque cardíaco e ser desaconselhado pelos médicos a retornar ao trabalho, Daniel Blake busca receber os benefícios concedidos pelo governo a todos que estão nesta situação. Entretanto, ele esbarra na extrema burocracia instalada pelo governo, amplificada pelo fato dele ser um analfabeto digital. Numa de suas várias idas a departamentos governamentais, ele conhece Katie, a mãe solteira de duas crianças, que se mudou recentemente para a cidade e também não possui condições financeiras para se manter. Após defendê-la, Daniel se aproxima de Katie e passa a ajudá-la. 02:23.

Convidado:

Flaviano Lima

Pesquisador 1C CNPq. Doutor em Educação pela FACED/UFBA. Pós-doutor em Educação pela FEUSP e pela Universidade de Paris 13 – França. Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade, da Universidade do Estado da Bahia (PPGEduC-UNEB). Coordenador do GRAFHO (Grupo de Pesquisa (Auto)biografia, Formação e História Oral). Pesquisador associado do Laboratoire EXPERICE (Université de Paris 13- Paris 8). Tesoureiro da Associação Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica (BIOgraph) e Membro do Conselho de Administração da Association Internationale des Histories de Vie en Formation et de la Recherche Biographique en Education (ASIHIVIF-RBE).

Sobre escolha do filme / tema

O filme narra a dificuldade enfrentada por um idoso, portador de doença cardíaca, para obter da Previdência Social inglesa um benefício previdenciário que lhe permita arcar com a sua própria manutenção. Sem dúvida, trata-se de um tema atual e especialmente impactante para a população brasileira, que se encontra em processo acelerado de envelhecimento, e em breve será mais uma vez chamada a discutir uma Proposta de Emenda Constitucional com mudanças nas regras de aposentadorias e pensões. O filme nos faz refletir sobre a necessidade de uma proteção social mais efetiva e interdisciplinar aos idosos, capaz de prover os cuidados médicos de que necessitam, bem como de oferecer-lhe uma renda mínima suficiente para a sua manutenção. Para os jovens, o filme soa também como um alerta, por demonstrar a importância de se preparar para os desafios que lhes serão trazidos pela velhice.

Saladearte Cine Daten Paseo 1:

16/07/2020 (Quinta) – 18h30

Trailer:

Cine Papo II – Inquietações Contemporâneas: HIV/Aids: Imagens e Manifestações

120 Batimentos por Minuto (120 battements Par Minute)

De Robin Campillo | FRA | 2017 | 2:23 | 16 anos. Com Nahuel Perez Biscayart, Arnaud Valois, Adèle Haenel. França, início dos anos 1990. O grupo ativista Act Up está intensificando seus esforços para que a sociedade reconheça a importância da prevenção e do tratamento em relação a Aids, que mata cada vez mais há uma década. Recém-chegado ao grupo, Nathan logo fica impressionado com a dedicação de Sean, apesar de seu estado de saúde delicado. 02:23.

Convidado:

Elizeu Clementino de Souza

Pesquisador 1C CNPq. Doutor em Educação pela FACED/UFBA. Pós-doutor em Educação pela FEUSP e pela Universidade de Paris 13 – França. Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade, da Universidade do Estado da Bahia (PPGEduC-UNEB). Coordenador do GRAFHO (Grupo de Pesquisa (Auto)biografia, Formação e História Oral). Pesquisador associado do Laboratoire EXPERICE (Université de Paris 13- Paris 8). Tesoureiro da Associação Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica (BIOgraph) e Membro do Conselho de Administração da Association Internationale des Histories de Vie en Formation et de la Recherche Biographique en Education (ASIHIVIF-RBE).

Sobre escolha do filme / tema

Intenciona-se discutir questões relacionadas às imagens e representações sobre a epidemia, suas relações com as políticas públicas de saúde e ações de associações, bem como modos próprios como os sujeitos constroem disposições para viverem com a cronicidade e refiguram suas identidades, através dos processos de aprendizagens com o adoecimento e superações de estigmatizações.

Saladearte Cine Daten Paseo 1:

11/06/2020 (Quinta) – 18h30

Trailer:

Cine Papo II – Inquietações Contemporâneas: Arte: Quem Dita?

the square – a arte da discórdia

De Ruben Östlund | SUE, ALE, DIN, FRA | 2017 | 2:22 | 14 anos. Com Claes Bang, Elisabeth Moss, Dominic West. Um gerente de museu está usando de todas as armas possíveis para promover o sucesso de uma nova instalação. Entre as tentativas para isso, ele decide contratar uma empresa de relações públicas para fazer barulho em torno do assunto na mídia em geral. Mas, inesperadamente, isso acaba gerando diversas consequências infelizes e um grande embaraço. 02:22.

Convidado:

Regina Teixeira de Barros

Curadora da Pinacoteca do Estado de São Paulo e professora de história da arte da Faculdade Santa Marcelina. De 2006 a 2008, coordenou a equipe de pesquisa do Catálogo Raisonné Tarsila do Amaral e foi responsável pela coordenação editorial desta publicação (2008). Foi curadora das exposições Tarsila Viajante (Pinacoteca do Estado e Museo de Arte Latino-americano de Buenos Aires, 2008); Antônio Maluf, (Centro Universitário Maria Antônia, São Paulo, 2002); e Noturnos, (Museu de Arte Moderna de São Paulo, 1999); e curadora adjunta de Matisse Hoje e Fernand Léger: Relações e Amizades Brasileiras, (Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2009); León Ferrari: Poéticas e Políticas, (Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2006); Mestres do Modernismo, (Estação Pinacoteca, 2004-2005).

Sobre escolha do filme / tema

Diante de um filme repleto de imagens e de questionamentos, ressaltamos a importância de identificar a arte contemporânea em seu lugar maior. Mas também e por conseguinte identificar que a arte estará sempre refletindo o mundo ao redor. E onde podemos ver beleza e onde podemos ver mercado de arte?

Saladearte Cine Daten Paseo 1:

14/05/2020 (Quinta) – 18h30

Trailer:

Cine Papo II – Inquietações Contemporâneas: Melancolia

melancolia

De Lars Von Trier | FRA, DIN, SUE, ALE | 2011 | 2:10 | 14 anos. Com Kirsten Dunst, Charlotte Gainsbourg, Alexander Skarsgård. Um planeta chamado Melancolia está prestes a colidir com a Terra, o que resultaria em sua destruição por completo. Neste contexto Justine está prestes a se casar com Michael. Ela recebe a ajuda de sua irmã, Claire, que juntamente com seu marido John realiza uma festa suntuosa para a comemoração. 02:10.

Convidado:

Victor Palomo

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal Fluminense (1996), mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense (2000) e doutorado em Letras (Letras Vernáculas / Literatura Portuguesa) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006), tendo sido orientado pelo Prof. Dr. Jorge Fernandes da Silveira. Desde 2006 é Professor Doutor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e antes disso ministrava aulas de Literatura e Língua Portuguesa no Colégio Pedro II do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: Poesia do século xx, Literatura Afrodescendente, Estudos Culturais, Teoria Queer e Estudos Gays e Lésbicas, focalizando a tensão e a convergência desses com a crítica literária, o corpo, a subjetividade, a cultura e a formação dos cânones literários.

Sobre escolha do filme / tema

Dividido em dois blocos narrativos, “Justine” e “Claire”, o longa de Lars von Trier metaforiza uma condição arquetípica da história humana: o padecimento melancólico. Solidário ao aforismo escrito pelo grego Hipócrates que considerava a melancolia como um “estado de tristeza e medo de longa duração”, o filme conta a história de Justine, personagem acometida pela apatia e atenuação progressiva da vitalidade e Claire, sua irmã, atônita com a iminente colisão do planeta Melancholia com a Terra. O cineasta dinamarquês tem o mérito de provocar, por meio de belíssimas sequências, questionamentos a respeito de temas incontornáveis ao sujeito contemporâneo: a tristeza, a nostalgia, a melancolia e suas relações com a criatividade e com a loucura.

Saladearte Cine Daten Paseo 1:

16/04/2020 (Quinta) – 18h30

Trailer:

Cine Papo II – Inquietações Contemporâneas: Corpo Negro: Estigmas e Dissidências

madame satã

De Karim Aïnouz | BRA, FRA | 2001 | 1:45 | 18 anos. Com Lázaro Ramos, Marcelia Cartaxo, Flavio Bauraqui. Três irmãos se reúnem ao redor do leito de morte de seu pai, que era um dos pilares de toda a família, e agora precisam pensar no que será do pequeno paraíso que ele construiu, em torno de um modesto restaurante à beira-mar. 01:47.

Convidado:

Emersom da Cruz Inácio

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal Fluminense (1996), mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense (2000) e doutorado em Letras (Letras Vernáculas / Literatura Portuguesa) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006), tendo sido orientado pelo Prof. Dr. Jorge Fernandes da Silveira. Desde 2006 é Professor Doutor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e antes disso ministrava aulas de Literatura e Língua Portuguesa no Colégio Pedro II do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: Poesia do século xx, Literatura Afrodescendente, Estudos Culturais, Teoria Queer e Estudos Gays e Lésbicas, focalizando a tensão e a convergência desses com a crítica literária, o corpo, a subjetividade, a cultura e a formação dos cânones literários.

Sobre escolha do filme / tema

Como personagem da vida cotidiana, Madame Satã constituiu-se como um referencial tanto para a noite carioca como para as relações entra a dita “malandragem” e o fino limite entre legalidade e ilegalidade, em tempos em que ser negro e gay feria (?) normas e configurava múltiplas trangressões no ordenamento cultural, social e relacional da vida do basfond da então capital brasileira. Soma-se a isso o fato de que ao ter nascido pessoa do sexo masculino e negra e encarnar, performativamente, personagens identificados com as grandes figuras do cinema brasileiro e estadunidense, Madame Satã põe em causa diversos e distintos lugares sociais cristalizados, fosse como negro, fosse como homem gay. Ao partir dessas “inquietações” trazidas pela personagem biografada no filme de Ainouz, penso que Satã tenha ousado confrontar-se com diversos estatutos do universo social em que vivia, justo por fazer se entrecruzarem instâncias legitimadoras (ou questionadoras) como raça, identidade sexual, orientação, performatividade drag queen e omodelo de liderança mormente atribuído à figura masculina.

Saladearte Cine Daten Paseo 1:

19/03/2020 (Quinta) – 18h30

Trailer: