Festival Varilux de Cinema Francês 2017 – Programação Saladearte Cinema do Museu – 25/06 (Domingo)

frantzFrantz (Frantz)

De François Ozon. Com Pierre Niney, Paula Beer. França, 2017. Em uma pequena cidade alemã após a Primeira Guerra Mundial, Anna visita diariamente o túmulo de seu noivo Frantz, morto em batalha na França. Um dia, um jovem francês, Adrien, também deixa flores no túmulo. A presença dele logo após a derrota alemã inicia paixões. 01h53.

Saladearte Cinema do Museu – 13h

—————————————————————————————————————

talMaeTalFilhaTal Mãe, Tal Filha (Telle mère, telle fille)

De Noémie Saglio. Com Juliette Binoche, Camille Cottin, Lambert Wilson. França, 2017. Inseparáveis, Avril e sua mãe Mado não podiam ser mais diferentes. Avril, 30 anos, é casada, assalariada e organizada, ao contrário da mãe, eterna adolescente despreocupada e louca que vive sustentada pela filha desde seu divórcio. Mas quando as duas mulheres se veem grávidas ao mesmo tempo e sob o mesmo teto, o embate é inevitável. Pois se Mado, em plena crise juvenil não está pronta para ser avó, Avril tem muita dificuldade em imaginar sua mãe… uma mãe!

Saladearte Cinema do Museu – 15h05

—————————————————————————————————————

perdidosParisPerdidos em Paris (Paris pieds nus)

De Fiona Gordon, Dominique Abel. Com Fiona Gordon, Emmanuelle Riva. França, 2017. Fiona, bibliotecária de uma pequena cidade canadense, recebe uma aflita e angustiada carta de sua tia Marta, uma senhora de 93 anos, que vive sozinha em Paris. Sem pestanejar, Fiona embarca no primeiro avião rumo à capital francesa apenas para descobrir que Martha desapareceu. Em uma verdadeira avalanche de desastres inexplicáveis, Fiona conhece Dom, um sem-teto egoísta e sedutor, que não vai deixá-la seguir sozinha em sua busca. Um conto divertido e cativante sobre três pessoas peculiares perdidas em Paris.  01h23.

Saladearte Cinema do Museu – 16h50

—————————————————————————————————————

rodinRodin (Rodin)

De Jacques Doillon. Com Vincent Lindon. França, 2017. Em 1880, o escultor Auguste Rodin já é bastante conhecido, mas nunca conseguiu nenhuma encomenda do Estado. Esta oportunidade chega aos 40 anos de idade, com a escultura “A porta do inferno”. Enquanto trabalha, ao lado da esposa Rose Beuret, apaixona-se pela aluna Camille Claudel, sua aprendiz mais talentosa, que se torna sua amante. Quando este relacionamento escondido acaba, Rodin muda radicalmente a forma de seus trabalhos. 01h59.

Saladearte Cinema do Museu – 18h25

—————————————————————————————————————

vidaUmaMulherA Vida de Uma Mulher (Une vie)

De Stéphane Brizé. Com Judith Chemla. França, 2016. Jeanne volta para casa após completar os estudos e passa a ajudar os zelosos pais nas tarefas do campo. Certo dia o visconde Julien de Lamare aparece nas redondezas e logo conquista o coração da jovem, que, encantada, com ele se casa e vai morar. Conforme o tempo avança Julien se mostra infiel, avarento e nada companheiro, o que vai minando a alegria de viver da antes esperançosa Jeanne.

Saladearte Cinema do Museu – 20h35

—————————————————————————————————————

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s